Caracterização

Confina-se esta região entre as margens do Alva e as alturas das serras da Lousã e do Açor. Acidentada em extremo, revelam-se nela outras serras, forradas quase exclusivamente pelos esbeltos e tenazes pinheiros bravos: Picoto, Vale Grande, Reguengo, Monte Frio, Catraia, Freiras, Rabadão e tantas outras. Em suma, a serra, na designação vulgar, em oposição aos terrenos dos vales, sulcados por alguns rios e ribeiros. Paisagem que poderá parecer monótona aos desatentos, mas pronta a revelas os seus segredos aos que ousarem trepar aos pontos altos. Corre-lhe pela cintura o Ceira, ainda rude, e fertilizaram-na os rios menores, como o Sótão, e, entre outras, as ribeiras de Celavisa, Folques e Pomares. A norte do Alva ficam as terras da Casconha, algo diferenciadas.
 
Eis o cenário de uma luta secular entre o homem e a terra, roubada palmo a palmo aos matagais, para uma lavoura de recurso que ao longo dos tempos se desenvolveu principalmente junto aos cursos de água., cujo desnível é aproveitado para a rega. "As terras boas são quando pegam no rio, o pior é quando o rio pega nelas...", diz o povo, afeito a esta luta sem tréguas com a terra que, apesar de tudo, ama intensamente, mesmo quando se vê obrigado a procurar na emigração os meios de subsistência.
 
Contudo, esta natureza avara talvez tenha riquezas insuspeitadas nas suas entranhas. A tradição assegura que as aluviões do rio contêm ouro, que no passado foi alvo de exploração mineira; recentemente, realizaram-se sondagens que se diz terem sido positivas. Também a exploração de volfrâmio trouxe certa prosperidade, mas de efémera duração.
 
Casa de xisto e de granito, que, passado o primeiro Inverno, tanto parecem ter um ano como um século, irmanam-se com a Natureza. As modernas construções, porém, mancham a paisagem de pontos álacres e inesperados.
 
Junto da linha de água onde a Serra Sinhel começa a elevar-se na direcção das Pedras do Limiar, para servir de contraforte à cordilheira da Estrela, na vertente sul da região montanhosa e mais próxima dos afamados Penedos de Góis. Está distribuída pelos lugares de : Algares, Alvares, Amieiros, Amiosinho, Amioso Cimeiro, Amioso do Senhor, Amioso Fundeiro, Boiça, Cabeçadas, Candeia, Caniçal, Carrasqueira, Casal Novo, Chã de Alvares, Cilha Velha, Coelhosa, Corga da Vaca, Cortes, Estevianas, Fonte dos Sapos, Fonte Limpa, Lomba, Madeiros, Mega Cimeira, Mega Fundeira, Milreu, Obrais, Portela do Torgal, Relva da Mó, Roda Cimeira, Roda Fundeira, Simantorta, Telhada, Vale da Fonte, Vale do Laço e Varzina.
 
Confronta com as Freguesias de Góis, Cadafaz e Colmeal (União de Freguesias), Pessegueiro, Coentral, Machio e Portela do Fojo.